terça-feira, 20 de março de 2018

marielle por rosa !

a dor é intensa que falta inspiração para escrever,
o luto será eterno  e, pelo visto querem nos levar a sepultura antes da hora
é meia sola ,meio alta minha voz ecoa na mata , a cabeça  parece -me descepada 
crua, sob um sol de outono , de repente uma tempestade invade , é choro...
ela pensou em tudo , falou muito , gritou os escândalos, mas  um tentáculo avançou 
suas ideias e ideais ;  esqueçam !- pede a imprensa golpista e  vigiem seus próximos assim agem sob a segurança publica burguesa e mais bilhões pra  garantir militarizada ...
sofrega minha alma intui :  mortes são mortes iguais  e vidas de champanhes são  cheiros como  do aécim ovacionados pelos juízes da  injustiça brasileiramericanizada. 



terça-feira, 6 de março de 2018

Meninas Da Mina: TUTU A ROSINHA !POR ROSA MARIA DAOLIO

Meninas Da Mina: TUTU A ROSINHA !POR ROSA MARIA DAOLIO

Meninas Da Mina: TUTU A ROSINHA !POR ROSA MARIA DAOLIO

Meninas Da Mina: TUTU ROSINHA !POR ROSA MARIA DAOLIO

TUTU ROSINHA !POR ROSA MARIA DAOLIO

sentindo -me meio cá meio lá 
da ponte para o futuro  há vozes do passado 
me amedronta , tô louca...
na  rua da amargura entre a são joão e Ipiranga 
 um chops no Bar Brahma  me acalma .
canta um verso seja de vander lee  ou  adoniran
preciso soluçar  deverás é  de   época 

sentindo-me um pouco azeda  , atormenta-me 
a perda um ente querido da periferia
como o da universidade de Santa Catarina 
 e de luto  a distância  junto ás   famílias destintas 
com pinta de gente como eu ...

 estou  bagunçando o golpe com a destruição,
 nesse momento acontece em leito de hospital ,
na plataforma da Petrobrás  e ,a energia se esvai
nas asas da embraer ; ah , sede avança
 no aquífero guarani ...
meu deus , meu deus seu chorar não leve a mal 


 já estou a misturar ave -maria  com pai nosso,    
gloria ao pai e a mãe santíssima me perdoe 
 por encontrar apenas  uma saída na rua ,
 avancem  guerreiros , caboclos, índios e pretos, 
pois  os brancos volvem-se a esquerda  em Portugal . 




amina rosa 

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

PARAÍSO DO TUIUTI ! POR ROSA MARIA DAOLIO

Eu visitando as escolas de samba  com sorvete nas mãos, após pão de queijo e café , 
achando tudo meio sem graça entre rio e sampa,
martinho ,falabela, sergio reis , caipiras felizes ,
sem noção, a rota da china , brasil x índia ,  e os brics ? -  entre  gênios e  loucos da viradouro  e, a ilha depois de atravessar o mar , 
hoje está  nas travessas da anamaria brega .
Senão der pra eu falar de tantos  tons de arriba , cadê o irreverente ?
"Meu Deus , Meu Deus ( Descompostura An mém ),
 seu eu chorar não leva a mal" ,
"Não sou Escravo de nenhum Senhor ..."
Cheguei no Paraíso do Tuiuti !
Ê Calunga ê ! -  e escobar, fatima bernardes,  cunha , até o pretinho da Serrinha 
com línguas presas nas correntes  , sob o holofote da Ala Dos Manifestoches ,
nos  Estudios Globeleza ; e   se fez psiu , ignorou-se   camisas cbfs e patos amarelos ,
desconforto total com o golpista vampiro na avenida ... 
 as marionetes  da Globosta,  Calaram-se!

sábado, 20 de janeiro de 2018

O MAR DE COPACABANA ! POR ROSA MARIA DAOLIO

 

luzes , ação .Claquete... 
Começa o espetáculo do século , fogo, água , celulares , as selfies, as bundas  ,
 os corpos nutridos de paz   e  são  alagados no esgoto de Copacabana;
uma borboleta sobrevoa com braços cruzados ,
o rebento das ondas   são vários  num  menino abraçado
no mar  se engana  com  as vestes do olhar , 
   é suplicio, são  sonhos de verão com  a falsa alegria,  há um tempo
que  são   copas  bacanas ! 
(amina rosa)

SUSTENTAÇÃO ! POR ROSA MARIA DAOLIO

Hoje estive no lar em que nasci, minha memória  sintetiza nas lembranças  contadas pelos meus irmãos mais velhos,não trago lembranças, às sinto na pele, no aroma, no local.A natureza quase preservada, as construções modificadas, são muros, janelas e garagens , quase nada incentiva  o passado, somente a capela permanece mas, encoberta por laje a sua beleza.Os meninos não tem mais  barranco para, sentados, burilarem suas pernas enquanto a banda tocava,hoje tem nas suas mãos celulares pra não estarem presentes  na festa do padroeiro e a banda ausente por falta de patrocínio.Anjos não desfilam  da venda do Justo para a capela , são anjos invisíveis, talvez caídos  das telhas de amianto. Venho pra desfrutar um  pouco da liturgia de uma comunidade morta.Pessoas habitam o local não necessariamente descendentes e quase nada constituí uma história; a razão  é que não se conta a vida vivida, escapam ações e atitudes cristãs dos antepassados.
Eu trago posto as heranças  dos meus pais que fulguraram entre noticias boas outras ruins ,num laço de convivência com seus fregueses da venda que iluminava  no alpendre as madrugadas.Deixo-me abater em lágrimas  que transfere  na face envelhecida a fé  em rendição soberba...
Estou triste  porque sinto meu país  vendido como uma panela de pressão na internet e talvez meu choro é pelo presente e singular nas plantas verdes  como a chuva  de verão destruindo meu Brasil, governado por uma quadrilha de bandidos,são brancos , ricos e velhos.
Sou de temperamento robusto , um leão ferido  que  se lança contra falsos moralistas e religiosos.
Essa luz da vela revela a solidão e  nem por isso é só dor; tenho  algo que me aguenta e, sedenta com tom  num vocabulário pobre estou sabor  que me cabe. Em pranto  vivo e admito; invade-me em pasos lentos uma unica esperança...
(AMINA ROSA)




terça-feira, 12 de dezembro de 2017

OS RESÍDUOS DA EXPERIÊNCIA ! POR ROSA MARIA DAOLIO

Nutro a essência de Deus , múltiplo sou eu  na qualidade de pensar, na  diversidade hominal sou o mesmo formador de cristais 
as vezes na merda  formam -se os maiores .
meu retrato é meu o resto é reflexo da convivência 
sou uma flor que dorme de noite, para na manhã reunir forças e, florir no descobrimento de uma nova etapa ...
Meio bruxa e meio torpeza, assim , vou perpassando pelas idades,
- não há de que companheiro ?- somente  não destrua o meu  sopro .

Segue o processo ; essa palavra tem causado estranhamento,
pois bem ,  processo é : o conjunto de atos por que se realiza uma operação,
prefiro essa definição na  química.
Vivemos em processo, meus atos  me carregam para uma realização; 
sou ríspida comigo , chego a ser cruel ,mas quando lembro dos meus princípios
me vem a lembrança 
 de uma soleira eu no colo do Virgulino. Isto me basta ! 
( amina rosa )


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

DA MONTANHA AO MAR ! POR ROSA MARIA DAOLIO

entre a existência  
uma amizade construída  á brasília
entre formas e ações
é  sentimento ...
 é  floresta , é tarde griô
 é amanhecer alegre 
com a cantoria, os pássaros,  
a soberania é terra ninha,
assim acontece ...
entre a montanha e o mar
 tu vais  , eu fico 
 nós vamos  , e fincamos 
essa é a  verdade, a  mistura
entre nós ...
um tanto  de ti , inteiro sentido de mim ...
(amina rosa)

sábado, 2 de dezembro de 2017

EU SONHEI COM VOCÊ ! POR ROSA MARIA DAOLIO

tem que ter  dois lados 
pra solicitar e atender 

pra sonhar e viver 
 um encontro espiritual é 
   encostar  na vontade de sentir 

 num ônibus , olhos acesos  disponíveis a acertar 
o enredo  do sentimento , passos  e repasso ...
todo o branco do ambiente  se transformou na cultura  da benzedeira 

demora incistida  por um  espirito de luz ,

uma alegria se fez presente  ... perguntei;
 respondeste  num tom de voz 
convidativo a uma meditação.

a dança se resolve ,
 simultaneamente  me invade a   voz  , agradeço ...
a noite ficou calma , o amanhã nos aguarda .
(rosamaria )

domingo, 15 de outubro de 2017

SORRIA A VIDA É BELA ! POR ROSA MARIA DAOLIO

Não me abandonar , 
 seria bom pensar ; é isso, é sério,
faltam -me palavras , ou pessoas ?
complicado é silenciar , 
 a palavra  me ajuda ...
sítios perdidos , sonhos esquisitos,
sinto-me  jovem sempre... 
os fantasmas da casa sucumbiram na 
minha voz alta em  cantoria. 
preciso escrever ,ler mais , faz-me viver .
Não me abandonar , quisera , será?
prefiro  seguir sendo mais otimista , isto é ,
viver plenamente
 todos os bons momentos da minha vida ,estar satisfeita.
Não me abandonar ...
(amina rosa)

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

PERDOA -ME POR ME TRAÍRES !ROSA MARIA DAOLIO

Pecado é condenável, é imaturidade; se alguém se fortalece  cometendo-o é porque jamais experimentou o outro lado.
A  maturidade é privilégio de algumas pessoas, seja por criação.meritocracia ou genética, sei não, apenas sei que quando a emoção não me dominou  fui mais complacente,descente na resolução .
Eu  tenho inveja do hominal que nunca confundiu uma paixão com o eterno e , desconfiou com um pé atrás traindo seus sentimentos,multiplicou a duvida, assentiu uma morte súbita do seu caráter.
Eu quando contrariada tenho raiva, pipoco quando substituída e me entrego de quatro quando cortejada.Ah infinita dor infantil, é dor de barriga repentina, quer colo de mãe ou outro qualquer colo , menos de Padre e de Pastor , por favor.E Se eu não aprendi nada é porque não conheci Nelson Rodrigues,mas vive Nelson, senão teria me dedicado a escrever os absurdos do meu comportamento,teria sido vantajoso, mas não, sempre fui hipócrita e enfeitava-me de anjo ou de vitima.
Verdades foram pra ser ditas, mentira.Fiz da minha vida uma Nave Espacial , nunca aterrizei. Escuta-te agora rosa, não benzação , oração pois o tempo não retorna, talvez recomeçar hoje causa ausência de gente, nesse momento quem me quer? - é uma escolha (junte dinheiro) e exija uma cremação.
Deus , orixás , meu anjo de guarda , peço que não me abandones, estou compadecida de ser gente. 
Termino minha cartada com "ÁS" de perda ou separação que foi  pautada na minha vida à traição dos meus sentimentos.
A BENÇÃO MÃE !
(rosa maria)

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

O FILME DA MINHA VIDA . POR ROSA MARIA DAOLIO

tempo, chuva, vento
sombras , reflexos , brisas
sóis , luas , arco iris 
um ventre  que gera meninas e meninos 
ausente de qualquer contraceptivos,
amor doação  ou obrigação ?

pouco se sabe das aventuras femininas; 
 das masculinas  nas viagens das igrejas, 
nas feiras dos negócios , aposto , nas casas das primas .
nasço com mãe que já não devia gerar 
foi dor de cabeça ,  roupas aceitas , criticas de tias ,promessa feita.

me crio como gato , sete vidas,   nos pés 
pulo, bulo com as mãos  nos galos nas vacas nas tetas mamadas ,vida virada ...
 me pego o grilo e brilho, solto meus seios , 
ventania  num ventre fechado à criação
nem escolha , nem destino , um espirito imaturo , juro .
depois de um século e quatro anos, mãe ,
somos duas leoas, uma Estrela ,a outra em figuração no  filme da minha vida !



amina rosa 

sexta-feira, 21 de julho de 2017

BARRADA EM SAIAS! POR ROSA MARIA DAOLIO


A fantasia da índia vira , virado na casa do orixá,
da falsa Maria é Padilha  suspeita de  amor fraterno,
somos duas  fêmeas de penas alheias aos filhos das saias barradas,
livres, em lírios e ervas daninhas , somos hortelã em foco na garganta
de um inimigo ...seja ele ou ela são frutos do ventre materno .
Postura  se banha de água pura , se ascende de sol da manhã de inverno,
e o  inferno pode ser sua casa , seu corpo em desencontro com atual  paixão  ...
se vire de dentro a fora sem saber se Oxum é um deus ou uma deusa.
Estou de cana ,  sem aborreço, pois é , cana caiana .

amina rosa 

RIO DE CANOAS ! POR ROSA MARIA DAOLIO

meio índia meio italiana 
suspendo as castanhas e o canelone
venho pedir  licença pra enfrentar a guia 
da responsabilidade, da fidelidade  presentes nos dias,
dos Cães  e Gatos na minha Vida 

sou prisioneira da linguagem deu e deles,  
venho captar recursos visuais pra expressar 
meu beijo, meu gesto , meu simples marmitex 
comovida a brasileira  ,
somos professores  adjuntos da faculdade de Canoas ,
 que se navega rio abaixo , rio acima ...


 rio abaixo rio acima ...
amina rosa 

QUANDO SE RESOLVE ! POR ROSA MARIA DAOLIO

hoje resolvi agradecer a Deus ,
aos meus amigos do dia a dia 
a minha irmã parceira da vida ,
resolvi abrir os olhos na natureza 
o sol me aquietou  ,entre os meus  cabelos, 
a floresta  em  sibilos e espirros, 
a relva  com os anjinhos, palhacinhos e formiguinhas ...

resolvi levantar da cama e passear 
notei o quanto se perde sem olhar ...
o campo , a semente a brotar ,
simples assim : pés descalços pisando em folhas  e,
a esperança voltou habitar meu coração...
(amina rosa) 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

GLEISI HOFFMANN NAS MENINAS DA MINA

Gleisi Hoffmann e eu 
 a alegria que  nunca se gasta 
a ação que cresce a cada sonho  
o sentimento  infinito... sem fim 
a procura QUE NÃO CONHECE A SOLIDÃO...
(rosa maria )

domingo, 11 de junho de 2017

SONHO MELHORA COM A IDADE ! POR ROSA MARIA DAOLIO

sonhei um daqueles sonhos 
que deságua nas lenhas 
da fogueira em brasa 
minha vida transportada 
num lençol de linho branco 
as vistas turvas meu corpo lento
êxtase total que dava dó ré mi sol 

sonhei um daqueles antigos 

vertiginoso , visitado nas boates ,
cinemas  e, na  mesa de bar num happy hour 
parecia  um Djavan no quero quero um a um
 olha só , não sei  que adjetivo usar para ampliar essa sensação !

sonhei um sonho , melhorado com a idade 

daqueles que só se faz besteiras 
e a flor da pele se conduz à paixão eloquente,
 acordei,  e visitei minhas lembranças 
de maria bethânia, mercedes sosa, marisa monte ,
adriana calcanhoto , e muita vezes ney...
amina rosa





sábado, 27 de maio de 2017

SOU CORAÇÃO VERMELHO ! POR ROSA MARIA DAOLIO

 aonde me esconda 
despida  estou à  cor , 
sei de cabeça os dados 
nos romances   que me perdi 
 iá  didi   te  encontrei de coração
fracassei em quem não investi  
sou de gênio , de  tempero ,
 sou  coração vermelho

quarta-feira, 17 de maio de 2017

MOVIMENTO DOS SEM TERRA POR ROSA MARIA DAOLIO

por uma fatia  de terra ,
sou alguém querendo plantar ,
e na   fatia de pizza marguerita
colher o sustento da família
e com  café com leite e pão
 uma terra não se  encerra
a vida comum de um cidadão
 um pé de cachorro
um no urbano
outro no rural ...
e viva quem nasce na partilha
se tu não compreendes
 peça  à alguém com seu valor na mão
plantar oxigênio ...
somos todos iguais pelo sangue ,
formação do corpo físico e mental
somos uma especie

terça-feira, 28 de março de 2017

MEU CORAÇÃO ESTÁ EM LUTO ! POR ROSA MARIA DAOLIO

é um barco , um mar , um embarque ...
(estamos calados , selados com golpistas perversos ?)
enquanto isso um prenuncio , uma viagem sem volta  , sem colo , sem mamá 
(estamos preocupados  com a salsicha fedida  , com a podre linguiça do governo facínora )

são meninos , meninas envoltos numa cruz de jesus  ou de  maomé 
( encaminham-nos para  um  sepulcro ?)
mas, a Itália  é o renascimento  é o berço ...
ajudem-nos por clamor à alimentar novos filhos da Gambia, Nigéria , Guiné , Egito 

somos filhos de pais sofridos que lançam-nos ao mar mediterrâneo
com a  esperança do abandono ser  a unica salvação ,
choramos juntos,  um cá, o  outro lá , 
escutem os gritos dos desvalidos ...







poetriz amina rosa

sábado, 4 de março de 2017

CRUZ , DIABO ! POR ROSA MARIA DAOLIO

sinceramente , cruz , diabo !
uma razão contra a sandice ?
mas que me importa se me sinto livre ...
eu relatando meu próprio delirio , vixe !

secretamente , cruz , diabo !
nunca senti isso é a primeiríssima vez , delicia !
depois nada me custa somente incentivar a minha vaidade 
moça , prosa de leonina !

excelentíssima senhora , cruz , diabo !
 viajo pela meninice e dou banana pra galera 
 cuspo na calçada , despedindo -me da cólera , 
vago por entre entes queridos ... que doideira, vixe , livre ! 
(poetriz aminarosa)

PONTE PARA O FUTURO !POR ROSA MARIA DAOLIO

somos  caminhos 
 pra frente ou pra trás
caminhos sinuosos , temidos ,
as vezes uma ponte para o futuro , 
caminho oculto , invisível como um amigo;

somos caminhos, bucólicos , sacros,
acidentados, oportunos ...com paixões,
pra frente é que se anda ,   
de repente pra trás  é a salvação;

somos caminhos , desvendados , 

as vezes atalhos , mal sabemos 
a direção e por onde vão todo o mundo ?
 ora , para a praia ...sujar a areia .

somos caminhos perdidos , 
eu  me perdi , mas não me sinto  derrotado ,
perder é se achar num novo horizonte 
das  oportunidades  que me invade...
poetriz amina rosa

sexta-feira, 3 de março de 2017

VERTIGEM ! POR ROSA MARIA DAOLIO

magnifica ,
sombria , espia e agita 
meu neném carece de descanso

vazia ,
cuiá , água  límpida 
minha pele morena  sobre a sua 

brasil do meus sentidos 
a floresta daquela árvore 
alta há uma gaiola invisível

meus filhos entram e saem 
 fixos no mesmo galho 
imploram  liberdade 

magnifica,
alma , coração e corpo 
delicado , alvo , sereno,
 macio,   levita  um simbolo de cáos .

poetriz aminarosa


quinta-feira, 2 de março de 2017

MANIA ! POR ROSA MARIA DAOLIO

meu coração tem mania de amor
passa o tempo , o desgosto a rodo
e ele se rende na mais presença do aceite-me... 

meu coração tem mania de amor 
depois da geladeira  e da inesperada cornada
ele vibra como cigarra  , aceite-me....

meu coração tem mania de amor
na falta de coragem se arrepende 

ignora o orgulho e acende 

meu coração tem mania de amor 
mesmo com uma nova paixão 
tem compaixão pelo doente  desesperado 
por minha misericordiosa atenção .
poetriz amina rosa