sexta-feira, 2 de setembro de 2016

HANDS STROKING THE FLOWER . POR ROSA MARIA DAOLIO

Demorou , mas com o resultado  fiquei aturdida ,
 talvez   esperara uma luz divina cobrir  só um corpo insano  ,
 jamais sonhei como pudera; sei  hoje que  com ele durmo  e me levanto com ele ...
sou espera , alucinada com os  vícios todos juntos, estou a espera...
quando adormeci na poltrona antes do Jantar vi uma estrela entrar na minha cabeça .
Acredito no amor , na justiça e no Brasil mágico ainda empoderado
sou amiga do mundo , viajo dentro da minha capsula pelo mundo
abranjo num espetáculo , unica lirica sempre gastando meu verbo
vou por lugares sombrios , mas não me desespero , sou alegre
quase moça , nem me nego , sou raça amiga dos bichos internos
vento soprará a vontade enquanto eu ria muito num sintoma verde claro
pintei  minha casa de  branco e vermelho como museu de Dona Lina .

Nenhum comentário:

Postar um comentário